VERSÃO EXCLUSIVA PARA TESTES (SEM EFEITO)
Você está em  Capa  |  Página Inicial
05/12/2021 05:52
Placar

Veja abaixo os números relacionados a NFS-e no município:

Contribuintes autorizados a emitir NFS-e

6.127

NFS-e emitidas

8.932.084

Pessoas Físicas Cadastradas

593

números atualizados em 04/12/2021 às 13:45

Seus Créditos

Insira abaixo o seu CPF e clique em "Consultar" para verificar seus créditos recebidos.

Insira o CPF:
Para ter acesso aos conteúdos dos editais publicados no D. O. do Município com a relação dos contribuintes para os quais foram emitidas notificações de débitos e/ou lavrados autos de infração, baseados em informações constantes do sistema da Nota Carioca, clique aqui.
Empresas optantes pelo Simples Nacinal com débitos em dívida ativa no município do Rio de Janeiro têm até 30 dias para regularização, caso contrário serão excluídas do regime.

O que é Nota Fiscal de Serviços Eletrônica?

A Nota Fiscal de Serviços Eletrônica (NFS-e) é um documento que substitui as tradicionais notas fiscais impressas.

A NFS-e implantada pela Secretaria Municipal de Fazenda e Planejamento simplifica a vida dos prestadores de serviços, dos cidadãos e das empresas da cidade.


1) Peça Nota Fiscal
Ao pagar um serviço, solicite a emissão da Nota Fiscal de Serviços Eletrônica (NFS-e). Informe sempre ao prestador de serviços o seu CPF. Esta é a sua garantia para obter os benefícios da NFS-e.
2) Acesso ao sistema
O prestador, por meio de senha, acessa o sistema e emite a NFS-e. OBS.: Caso não seja possível a emissão da NFS-e, o prestador utilizará a opção de envio de arquivos e entregará ao cliente um Recibo Provisório de Serviços - RPS. Saiba mais detalhes.
3) Emissão da NFS-e
O sistema efetuará automaticamente o cálculo do ISS devido pelo prestador. O valor do tributo será impresso na NFS-e. Parte do ISS recolhido pertence ao cliente: 10% para Pessoas Físicas.
4) Pagamento do ISS
O prestador deverá gerar no sistema o documento de arrecadação relativo às NFS-e emitidas. Lembrete: o recolhimento do imposto relativo às NFS-e deve ser realizado até o 3º dia útil do mês seguinte ao da emissão (ou da geração do RPS).
5) Crédito do ISS
Após o recolhimento será creditado automaticamente aos clientes a parcela do imposto constante na NFS-e. O acompanhamento dos valores já creditados - e dos pendentes - pode ser feito pela Internet.
6) Utilização do Crédito
O contribuinte pode abater até 100% do IPTU do (s) imóvel (is) indicado (s) no mês de setembro de cada ano, valendo-se dos créditos de ISS que houver acumulado.



PREFEITURA DO RIO DE JANEIRO - Rua Afonso Cavalcanti, 455 - Cidade Nova CEP: 20211-110
Copyright 2010 - Todos os direitos reservados - Versão: 202110281622 VERSÃO EXCLUSIVA PARA TESTES (SEM EFEITO)